Pagamento Cielo em 5x sem juros. Parcela mínima R$30,00

Em 1989, finalmente o Brasil teria a primeira eleição presidencial direta pós-ditadura. A 15 dias do pleito, algo fora do comum aconteceu: Silvio Santos apresentou-se como candidato, tendo o senador paraibano Marcondes Gadelha como vice. Um clima tenso instaurou-se no país para muitos políticos, empresários e juristas. Para uma grande parcela da população, ao contrário, um clima de festa, pela entrada de um concorrente que reunia qualidades não encontradas nos outros candidatos. A versão até hoje conhecida diz que a candidatura de Silvio Santos teve um fim natural, com o registro negado, pelo fato de que o PMB, partido de Silvio, não cumprira determinadas exigências legais. Este livro promove uma revisão histórica cuidadosa, mostrando que, na verdade, houve uma engenhosa e implacável conspiração para impedir a qualquer custo a candidatura do apresentador de TV, antes do primeiro turno, por uma razão muito simples: ele seria imbatível nas urnas. O final da trama mostra o processo decisório com características, estilo e ritos de uma eleição indireta. Com apenas um traço de originalidade: a toga substituindo a farda.

Sonho sequestrado

R$42,00

20% OFF comprando 3 ou mais un.!

Você pode aproveitar esta promoção em qualquer produto da loja.

Sonho sequestrado R$42,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Em 1989, finalmente o Brasil teria a primeira eleição presidencial direta pós-ditadura. A 15 dias do pleito, algo fora do comum aconteceu: Silvio Santos apresentou-se como candidato, tendo o senador paraibano Marcondes Gadelha como vice. Um clima tenso instaurou-se no país para muitos políticos, empresários e juristas. Para uma grande parcela da população, ao contrário, um clima de festa, pela entrada de um concorrente que reunia qualidades não encontradas nos outros candidatos. A versão até hoje conhecida diz que a candidatura de Silvio Santos teve um fim natural, com o registro negado, pelo fato de que o PMB, partido de Silvio, não cumprira determinadas exigências legais. Este livro promove uma revisão histórica cuidadosa, mostrando que, na verdade, houve uma engenhosa e implacável conspiração para impedir a qualquer custo a candidatura do apresentador de TV, antes do primeiro turno, por uma razão muito simples: ele seria imbatível nas urnas. O final da trama mostra o processo decisório com características, estilo e ritos de uma eleição indireta. Com apenas um traço de originalidade: a toga substituindo a farda.